Veja todos os serviços

Backup Corporativo

Infraestrutura de TI

Segurança da Informaçao

Virtualização

e Alta Disponibilidade

Atualmente é possível que seu negócio execute vários serviços a partir de um único servidor. Seu uso se destina a sistemas de ERP, serviços de computação na nuvem, ferramentas de simulação, entre outros, evitando gastos com novos equipamentos e aproveitando os recursos ociosos do computador. 

 

O que é Virtualização de Servidores.

A virtualização de servidores é uma tecnologia que permite a criação de uma instância virtual de qualquer sistema operacional em uma plataforma virtual. Antes da virtualização do servidor se tornar mainstream, cada sistema operacional individual exigia uma plataforma física, geralmente um servidor com CPU, disco, memória e outro hardware associado para hospedar o sistema operacional. Em um servidor físico, um sistema operacional tem acesso a todos os recursos de computação disponíveis do hardware host. À medida que os servidores se tornaram mais poderosos, essa abordagem se mostrou ineficaz no uso dos recursos de hardware.

 

Na virtualização típica de servidor, muitas máquinas virtuais são associadas a um servidor físico; um hypervisor é usado para compartilhar o hardware do host com cada máquina virtual individualmente.  A virtualização de servidores permite que os recursos sejam compartilhados com muitas outras máquinas virtuais, permitindo que as organizações reduzam significativamente o espaço ocupado por hardware e os custos associados à execução de grandes quantidades de hardware físico.

O Microsoft Hyper-V é um popular  hypervisor (gerenciador de máquina virtual) estrategicamente adequado para aqueles que usam principalmente servidores Windows. Aqueles que fazem isso podem já estar confortáveis ​​com sua interface e recursos, como o Windows Active Directory, que o Hyper-V usa para controle de acesso em determinadas circunstâncias.

Ele também vem com muitos recursos que permitem fácil manutenção, segurança, backups e migração ao vivo.

O Hyper-V também pode ser implantado como um hypervisor “bare metal”, o que significa que não é executado em um sistema operacional subjacente. O acesso direto aos recursos de hardware fornece melhor desempenho, escalabilidade e estabilidade.

A Máquina Virtual Baseada em Kernel (KVM) é um hypervisor de código aberto para o sistema operacional Linux®. Embora esteja incluído no Linux, o KVM suporta a execução de uma ampla variedade de sistemas operacionais como "convidados", incluindo o Windows. Um dos hypervisor em nuvem mais amplamente utilizados no mundo, o KVM é apontado como uma alternativa de baixo custo sem sacrificar o desempenho, a escalabilidade ou a segurança.

 

 

BENEFÍCIOS:

• Aproveitamento da Infraestrutura existente. 

• Ambiente de Testes.

• Diminuição do Parque de Máquinas.

• Diversidade de Plataformas.

• Gerenciamento Centralizado.

• Implementação mais rápida.

• Migração e Ampliação mais fácil.

• Segurança e Confiabilidade.

Fazemos tudo sob medida para seu negócio.

• Consolidação de Servidores. 

• Instalação de Terminais.

• Virtualização de Aplicação | Desktops.

• Implantação de Ambientes Virtuais.

• Virtualização de Ambientes. 

• Virtualização de Desktops.

• Virtualização de Servidores.

• Alta Disponibilidade de Ambientes.

Veja mais de nossos serviços

Backup Corporativo

Segurança da Informação

Infraestrutura de TI

Firewall

Siga-nos nas redes sociais

  • White Facebook Icon
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
  • White LinkedIn Icon